Faltam 2 dias para o início do Mundial e faltam 3 dias para as seleções do grupo F defrontem-se, e é neste sentido que a FIBA esmiuçou este grupo, num artigo publicado no seu site.

O Favorito: Eslovênia

Sem sombra de dúvidas, a favorita neste grupo é a Eslovênia, actual sétimo do ranking mundial. Eles estão de volta ao mundial, depois de falhar a presença em 2019. No currículo tem a conquista do EuroBasket em 2017

O azarão: Cabo Verde

É um dos quatro estreantes neste mundial e aparece como a seleção mais baixa no Ranking Mundial da Fiba, no n.º 64.

“Mas o FIBA ​​AfroBasket 2021, quando chegou às semifinais, foi a prova de que os Blue Sharks não são assim tão moles. A seleção também venceu a Costa do Marfim no último dia das Eliminatórias Africanas para garantir sua passagem para a Copa do Mundo”, diz a FIBA no seu artigo, sem esquecer a presença de Edy Tavares.

O jogo crucial: Eslovênia x Venezuela

A Eslovênia iniciará sua campanha no dia 26 de agosto contra a Venezuela, confronto que será importante para todo o grupo.

Se a Venezuela não conseguir uma surpresa contra a Eslovênia, todos os olhos estarão voltados para o confronto contra a Geórgia. O resultado desse confronto pode oferecer uma visão mais clara da direção do grupo enquanto as equipes disputam uma posição na Segunda Rodada.

A questão aberta: Qual estreante pode ir mais longe?

No Mundial de 2019, na China, a estreante República Checa surpreendeu chegando até as quartas de final, antes de perder para a Austrália e terminar em sexto lugar.

Será que a Geórgia ou Cabo Verde conseguirão imitar esse feito na sua primeira viagem ao principal evento da FIBA?

Termina perguntando a FIBA